Puno

PUNO
Lago Titicaca, Ilhas flutuantes e mais.

Em tempos pré-Inca e Inca, Puno era parte do território ocupado pela cultura Tiwanaku (800-1200 dC), considerada como a expressão máxima da nação Aymara, que se desenvolveu entre o que é agora o Peru e a Bolívia, e tudo em torno do lago Titicaca.

Hoje em dia, Puno é a capital do folclore peruano e sede de festividades da Nossa Senhora da Candelária. Está localizado a 3.827 m. acima do nível do mar, nas margens do Lago Titicaca, o lago navegável mais alto do mundo e tem uma cuidada gama de hotéis e restaurantes para a atenção de turistas e visitantes.

Você pode visitar as Chullpas de Sillustani, Juli conhecida por suas belas igrejas coloniais, e Lampa com a sua igreja vice-real construída entre 1675 e 1685, Llachón, comunidade rural que ainda preserva antigos costumes e expressões culturais do século e, finalmente, Pucara famosa pela sua cerâmica pré-Inca e “touros de Pucara” que os artesãos hoje em dia criam a partir de argila, para adornar os telhados das casas como símbolos de proteção e riqueza para a casa e família.

O grande lago contém muitas ilhas, como as “ilhas flutuantes” dos Uros fabricadas artificialmente de totora e as ilhas Taquile, Suasi e Amantani que são conhecidos pela simpatia dos seus habitantes e as técnicas têxteis que foram preservadas e transmitidas de geração em geração.

Titicaca Reserva Nacional (36.180 ha.) Protege extensas plantações de totoras e várias espécies de flora e fauna.